segunda-feira, 18 de outubro de 2004

Saída de Emergência

Autores: João Bosco, Antônio Cícero & Waly Salomão
Dia e noite
(como posso
explicar
meu bem?)
busco a saída
de emergência
sem achar
Sem ao menos
escutar você mentir
como é que eu posso conseguir
dormir?
Na vida que tracei
alguns meses atrás
já não cabia cataclismas mais
Sua boca
tem um jeito
de fundir
o mais profundo
ao superficial
Nos seus olhos
e maneira
de sorrir
eu vi
o impossível
o possível
o real
Sem ao menos escutar você mentir pra mim
me diz meu bem
como é que eu faço pra dormir?

... dizer alguma coisa hoje só mesmo com as palavras alheias. Eu mesma estou muda de ausência e surda de tanto ouvir o passado bater no meu ouvido. Dia e noite, insone. O que eu não daria agora pra estar no único lugar onde eu dormiria em paz...

Nenhum comentário:

Loading...