sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Mais de mil

Volto, aos poucos, às palavras.
Consegui ouvir música, imagina!!
Escrevi meio conto.
Li dois livros!
(Não pergunta em quanto tempo, me deixa comemorar...)
É quase como dizer que espiei de soslaio o espelho. Ainda vou olhar bem de frente e demorado.
E estarei nua.
Nua, não.
Só de batom cor-de-boca.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Ponta de Areia


Milton Nascimento

Composição: Milton Nascimento & Fernando Brant

Ponta de areia ponto final
Da Bahia-Minas estrada natural
Que ligava Minas ao porto ao mar
Caminho de ferro mandaram arrancar
Velho maquinista com seu boné
Lembra do povo alegre que vinha cortejar
Maria fumaça não canta mais
Para moças flores janelas e quintais
Na praça vazia um grito um oi
Casas esquecidas viúvas nos portais

Loading...