segunda-feira, 6 de dezembro de 2004

Ando assim, a respirar por flores, a sorrir pro dia, a nem temer a noite. Ando assim, como que encantada, a ansear a volta, a não querer mais nada. Posted by Hello

Nenhum comentário:

Loading...