sábado, 19 de julho de 2014

Serra Malte



Palmas para você.

Palmas para a sua resistência,

Sua resiliência

E competência

Em negar o que tem à mercê.

Compartilho seus créditos

Já fui assim

Neguei meus méritos

Achava que era dona de mim.

Pausa para tergiversar

Foi o que restou.

Mas eu imagino e anseio...

Quando você entender que acabou,

Será tarde demais para dar-lhe esteio.

Palmas para você.

Nenhum comentário:

Loading...