segunda-feira, 22 de outubro de 2007

PALMEIRA DO MANGUE - A Estréia

TROFÉU COCÔ-MOLE

Aldir Blanc

O Troféu Cocô Mole da semana vai ser colado na testa de Celso Arroth, ex-tétrico do Complexo de Januário (não tem santo lá), autor da frase:

– O Vasco é um clube único. Muito treinador já teria sido mandado embora. Aqui me sinto tranqüilo.

Pela frase acima, vê-se que Arroth, além de técnico medíocre, é um homem desinformado. Será que ele não sabe as circunstâncias estúpidas da dispensa de Renato Gaúcho, do desrespeito com que foram chutados pra fora do clube jogadores exemplares como Juninho Pernambucano, Carlos Germano e tantos outros? No momento em que escrevo, um neto me informa que o “treinador interino” é o jogador Rolário, aquele cujas festas só empatam em assiduidade com as lesões causadas pelas próprias festas. Rolário declarou que poderá se auto-escalar contra o América. Mais vexame à vista.

Parabéns pelo Troféu Cocô Mole na testa!

Enquanto isso, Eu-Rico, o Piranda, prossegue em sua obra magna: a destruição completa dos últimos vestígios de honra no Vasco da Gama. Com a sede histórica penhorada e mutretas que vão até o deposito de parte da venda de um jogador em paraíso fiscal, o Maquiavel ao Zé do Pipo, com o time caindo pelas tabelas, baba na gravata de expectativa: irá o Vasco, graças à estupidez de sua administração e contratações, despencar para a Segundona? E, pra variar, perdeu de novo para o Flamengo, time do qual só ganha da boca (imensa) pra fora. Já que usamos a palavra fora, vamos reaproveitá-la num contexto essencial:

FORA, EU-RICO! DEIXE O VASCO EM PAZ!

4 comentários:

AOCTAVIO disse...

Maravilha o esculhambo e o azedume contra a gang de São Januário. Apesar de tricolor convicto, tive formação familiar cruzmaltina. Cheguei,inclusive, a ganhar uma super bandeira do Vasco como prêmio na TV Rio, programa Jair de Taumaturgo. (alô, blogueiros, essas vocês não esperavam!). Sabemos que há oposição contra o caponismo do bairro imperial puxada pelo dinamite. Sugiro que Aldir e Mariana façam uma entrevista inédita com o lendário centro-avante para o deleite dos leitores.

Alexandre Octávio.

Quintans disse...

Ô aldir, o Roth nem ia tão mal assim. O problema com ele foi o mesmo problema de todos os outros, em tantos outros times: bastou não colocar o Ex-jogador em campo, quando este achava que podia jogar, que, como diz um conhecido meu, sedeufu. O problema, como sabemos, não é nem técnico nem ex-jogador: é o Eurico. abraço.

Cesar Tartaglia disse...

Grande Aldir. Em forma como sempre. Pau na canalha.

Aranha disse...

Aldir, um amigo meu, desses que colecionam fofocas altamente maldosas(minhas preferidas, desde que a vítima não seja eu nem amigo meu) e estatísticas absurdamente absurdas (bem melhores, claro, que as que a crônica esportiva costuma defecar por aí), anda espalhando que o Vasco vai contratar o Mário Sérgio para preparar... a volta do Sex Roth! Abraço, Aranha

Loading...